domingo, 7 de junho de 2015

Dê valor e cuide dos frutos do seu próprio suor! O manjar será mais saboroso se você mesmo o fizer. Siga respeitando o sentimento alheio de quem valoriza a luta diária, com o tempo você irá perceber outros horizontes.

quinta-feira, 30 de junho de 2011

A leitura

A quem diga que ler é chato, que é monotonô.
A descoberta do gostar de ler e o ler bem nos leva a lugares e a realizações inesperadas, nos traz e faz perceber que nos livros, internet, jornais e revistas existe uma gama de sabedoria para ser explorada, lida e falada.
A medida que nos adaptamos ao hábito de ler, a forma de nos expressarmos ganha uma riquesa imensamente incomparavél e inconfundivel, levando-nos a perceber como nosso mundo é pequeno diante das realizações que nos possam levar a leitura.
Ler enriquece, amadurece e envaidece nosso eu intelectual de formas coloridas e transversais, em mundos nunca visitados que se formam através da interpretação individual de cada um, das discursões grupais e da leveza das palavras simples e objetivas.
Ler é uma arte, aprender faz parte...

quinta-feira, 19 de março de 2009

Se...

Se o amor não existisse, faria com que ele nascesse;
Se o amor fosse pouco, ainda faria com que ele crescesse;
Se o amor fosse invisível, não tinha problema, mesmo assim saberia que ele estava ali em algum lugar;
Se o amor fosse preto, pintaria ele de azul, lilás, vermelho, verde, laranja, pra ficar mais bonito e resaisse muito além dos demais;
Mas se nenhuma dessas alternativas se encaixa só me resta.
Achar que meu coração não tem espaço suficiente para o amor que sinto, e que tenho que usar o resto do meu corpo para poder colocar cada pedacinho dele.


Marli Oliveira

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Às vezes ...

Tão, quão é dificil amar.
Às vezes pergunto-me porque é dificil entender a sí mesmo e aceitar os outros como são.

Muitas vezes me pergunto quantas e quantas vezes é preciso expressar somente em um olhar terno e compreensivo o quanto ama, e trocar olhares de cumplices com a pessoa amada.

Vezes muitas me pergunto porque preferimos ir pelos caminhos mais faceis quando temos os mais dificeis a seguir que estes sim são duradouros.

Quantas vezes me vejo a pensar que se fosse diferente...

Pergunto-me se é preciso tanta dor ao invés de acariciarmos momentos ternos e sublimes ao invés das delícias das ofenças.

Pergunto-me, pergunto-me... e perguntarei talvez até conseguir entender tudo, ao invés de desejar trocar sentimentos de perguntas por sentimentos
de arrependimento de não ter tentado.

Continuo e continuarei a me perguntar até achar as respostas...

Marli Oliveira

quinta-feira, 15 de janeiro de 2009

Amor é um fogo que arde sem se ver

Amor é um fogo que arde sem se ver,
É ferida que dói, e não se sente;
É um contentamento descontente,
É dor que desatina sem doer.

É um não querer mais que bem querer;
É um andar solitário entre a gente;
É nunca contentar-se de contente;
É um cuidar que ganha em se perder.

É querer estar preso por vontade;
É servir a quem vence, o vencedor;
É ter com quem nos mata, lealdade.

Mas como causar pode seu favor
Nos corações humanos amizade,
Se tão contrário a si é o mesmo Amor?


Luís Vaz de Camões

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

2009!!

Aos amigos

Você já se perguntou quanta coisa a se fazer em 2009?
Quando analisamos essa pergunta, é hora de reconhecer e praticar a retrospectiva do ano que se findou. É através do passado que entendemos o presente e formalizamos o futuro.
A reposta é: Sim.

Tenho muito há fazer em 2009, tenho muito a repetir (no caso das coisas que foram sucesso) e tenho muito a concertar (erros), reconstruir(coisas deixadas para trás) e realizar (coisas que estão por vir).
Sorria mais!
Admire as coisas boas do próximo - pegue como exemplo – elogie – pratique essas coisas boas para ser elogiado também, não por ser copia, mas por aproveitar partes delas para somar as capacidades que existem dentro de você.

Critique menos!
Ajude a construir. Aponte os erros. Não como defeito! Mas como uma oportunidade de recomeço. Ser paciente com eles é o melhor a fazer, porque é com eles que á vida nos dá uma nova chance de repetir e fazer muito melhor. Não veja as pessoas voluntárias a fazer isso com outros olhos, uma-se a elas por uma boa causa.

Saiba Amar e tolerar!
Ame até mesmo os seus inimigos! Porque com eles você aprende no intimo do seu coração a não fazer as coisas que eles fazem. Observe os proveitos que você pode tirar com isso.
Saiba perdoar!
O perdão é o começo de uma chance de mudança. Perdoe. Perdoe, Perdoe...

Seja educador e não um “instrutor”!
Todos os dias da nossa vida aprendemos algo seja de bom ou ruim como um educador que ao tempo que ensina aprende com seus educandos. Não seja apenas um instrutor - Que traz a técnica - ajude, participe, troque experiências de vida com outras pessoas, nos nunca sabemos o bastante, alias ninguém não sabe.
Por fim, faça um ano diferente, não com realizações estrondosas. Se elas vieram parabéns! Bom pra você. Mas deseje realizar sempre coisas na medida certa, com amor, comprometimento, compreensão, desejos positivos, doação, ensinamentos, justiça, com lealdade e gratidão. Tenho certeza que através destes princípios seu ano será repleto de realizações não só para você mas para muitos que reconheceram em você força para continuar a caminhada.
O importante é que você não seja expectador da sua própria vida, não culpe os outros dos seus próprios erros, do que deu errado não espere, realize! Seja ator principal, e que se comprometa a fazer sempre uma boa atuação.

Um ótimo 2009 para você.

Marli Oliveira